Consulta Norma Portuguesa NP 833:2023 Terminologia do Suíno/Leitão

A APIC dá nota da Consulta Norma Portuguesa NP 833:2023 Terminologia do Suíno/Leitão

Norma Portuguesa NP 833:2023 - Terminologia do Suíno/Leitão

A Associação Portuguesa das Indústrias de Carne (APIC) é Organismo Setorial de Normalização (ONS), reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) para coordenar os trabalhos da Comissão técnica -35- para produzir as normas portuguesas relacionadas com a carne e com os produtos cárneos.

Neste sentido, estamos agora a alterar a NP-833:2006, pdf AQUI, sobre a terminologia do Suíno/Leitão, a qual influenciou o Despacho n. 25034/2009, pdf AQUI.

Por conseguinte, pode consultar AQUI a proposta alterada da NP 833: 2022, em word. 


Consulta pública NP 777 (Terminologia do Caprino/Cabrito) e NP 779  (Terminologia do Ovino/Borrego)

A APIC dá nota das NP 777 Terminologia do Caprino/Cabrito e NP 779 Terminologia do Ovino/Borrego.

Norma Portuguesa NP 777:2023 - Terminologia do Caprino/Cabrito

A Associação Portuguesa das Indústrias de Carne (APIC) é Organismo Setorial de Normalização (ONS), reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) para coordenar os trabalhos da Comissão técnica -35- para produzir as normas portuguesas relacionadas com a carne e com os produtos cárneos.

Neste sentido, estamos agora a alterar a NP-777, pdf AQUI, sobre a terminologia do Caprino/Cabrito, a qual influenciou o Despacho n. 2230/2013, pdf AQUI.

Por conseguinte, pode consultar AQUI a proposta alterada da NP 777, em word. 

  

Norma Portuguesa Terminologia NP 779:2023 - Terminologia do Ovino/Borrego

A Associação Portuguesa das Indústrias de Carne (APIC) é Organismo Setorial de Normalização (ONS), reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) para coordenar os trabalhos da Comissão técnica -35- para produzir as normas portuguesas relacionadas com a carne e com os produtos cárneos.

Neste sentido, estamos agora a alterar a NP-779, pdf AQUI, sobre a terminologia do Ovino/Borrego, a qual influenciou o despacho n. 2230/2013.

Por conseguinte, pode consultar AQUI a proposta alterada da NP 779, em word


Petição

Lançamento da nova ICE: Proteger o nosso património rural - Aqui
Esta Iniciativa de Cidadania Europeia solicita à UE que modernize os seus compromissos no domínio rural, a fim de ter em conta a necessidade de uma maior segurança alimentar, o abastecimento de matérias agrícolas e a proteção do modo de vida rural - as suas populações, os seus valores e os seus meios de subsistência.


Consulta pública - Prazo: 18 de maio de 2023/Alteração do Regulamento 853/2004: Cadeia de frio, carne maturada, abate 

A UECBV (Associação Internacional para o Comércio de Animais Vivos e Carne), da qual a APIC é associada, deu-nos nota que:

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública sobre um projeto de regulamento que altera os anexos II e III do Regulamento (CE) n.º 853/2004, à luz da experiência adquirida com a aplicação prática das regras e dos novos pareceres científicos. Consulte o projeto de regulamento e o anexo no sítio Web "Dê a sua opinião" aqui.  

As alterações dirão respeito à marcação de identificação, ao abate na exploração de pequenos ruminantes, ao transporte de carne, à carne maturada, entre outros assuntos de outros setores.  

De acordo com as informações dos serviços da Comissão fornecidas durante a reunião do Grupo de Trabalho sobre Questões Veterinárias realizada em Bruxelas a 18 de abril, um dos principais elementos tidos em conta na elaboração das alterações foram os resultados do Workshop sobre F2F: optimizar o quadro e as condições para o transporte de carcaças para um maior impacto na sustentabilidade na UE, organizado pela UECBV a 2 de junho de 2022 (ver correspondência 15446, relatório, apresentações e comunicado de imprensa).  

Neste contexto, a conquista mais significativa refletida no projeto será a possibilidade de recolher carcaças de até três matadouros, ou de um entreposto frigorífico recolher carcaças diretamente dos matadouros.  

O prazo para a apresentação de contributos para a consulta termina a 25 de maio de 2023

Será preparado um documento de posição das associações, pelo que, todas as contribuições serão bem-vindas até 18 de maio de 2023.